Oficial Site

F.C. Crestuma vs D. Leça do Balio

FC Crestuma 2 - 5 D. Leça do Balio
27 Set 2015 - 16:00Complexo Desportivo do Olival

 1ª Divisão Distrital Associação de Futebol Do Porto, jornada 2 .
Centro de Estágio Olival/Crestuma, em Vila Nova de Gaia.

Arbitra:Sílvia Pereira .

Crestuma: Chico; Rooney, Teixeira (Pedro, 46), Lázaro e Vitinha (Samuel, 85); Bruno, Jorge e Francisco (Sérgio, 55); Lola, Visa e Ricardo. Treinador: Vítor Moreira

LEÇA DO BALIO: Miguel Mota; Carlitos, Miguel Cunha, Cardigos e Nélson; Carlos Diogo, Pedro Gomes (Ivo, 78) e Pedrinho (Rafa, 72); Hugo, Félix (Brás, 72) e Braga (Hélder, 78). Treinador: Mário Heitor.
Ao intervalo: 1-2. Marcadores: Cardigos (5), Rooney (22), Pedro Gomes (32), Hugo (74), Bruno (78), Carlos Diogo (80) e Ivo (87).

À segunda jornada da 1º divisão da Associação de Futebol do Porto, série 1, os homens comandados por Mário Heitor, voltaram a somar os três pontos e mais uma vez com uma goleada de mão cheia frente à formação do Crestuma. Com um futebol objectivo e de qualidade, o Leça do Balio logo aos cinco minutos inaugurou o marcador através de um bom remate de Pedro Cardigos. A formação Baliense esteve por cima do jogo, comandando as operações, encontrou um Crestuma bem organizado e com bons jogadores que deu uma boa réplica. Aos vinte e dois minutos o avançado Rooney após um cruzamento do lado direito do ataque do Crestuma rematou para dentro da baliza de Miguel Mota, ficando a ideia que antes do remate o avançado gaiense dominou a bola com o braço.Os de Matosinhos não acusaram o golo sofrido e continuaram a desenvolver o seu bom futebol, criando várias oportunidades de golo e normalmente surgiu o segundo golo ainda antes do intervalo num soberbo remate de Pedro Gomes, que não deu hipótese de defesa ao guarda redes da casa. No segundo tempo o Leça do Balio continuou a mandar no jogo e a ter as melhores oportunidades de golo e viu a sua supremacia premiada por um golo do avançado Hugo aos 74 minutos, que está num excelente momento de forma. O Crestuma reduziu de livre direto numa boa execução de Bruno que não deu hipótese a Miguel Mota. Quando a equipa da casa queria discutir o resultado, o talento de Carlos Diogo fez a diferença e numa bela execução individual sentenciou a partida com o quarto golo Baliense. Ivo lançado no jogo por Mário Heitor ainda entrou a tempo de fazer o 5-2 final. Bom jogo da equipa orientado por Mário Heitor que entrou a todo o gás no campeonato, fazendo seis pontos nas duas primeiras jornadas. marcando dez golos, deixando os seus adeptos esperançados numa grande temporada